fb“Habilidados”: a primeira série sobre fluência em dados do Brasil MIT Sloan Review Brasil

Dados e analytics

3 min de leitura

“Habilidados”: a primeira série sobre fluência em dados do Brasil

Criada pelo Social Good Brasil, a série é a realização de um sonho rumo à democratização da educação em dados no país, abordando o tema de forma leve e completamente acessível

Colunista Fernanda Bornhausen

Fernanda Bornhausen

26 de Julho

Compartilhar:
Artigo “Habilidados”: a primeira série sobre fluência em dados do Brasil

Em meu último artigo, compartilhei a grande novidade do Social Good Brasil para 2021: a Jornada de Educação em Dados. Como uma bússola para pessoas e organizações navegarem conosco pelo oceano de dados, a jornada contempla várias etapas. E é com alegria que venho anunciar mais um grande passo rumo à democratização da educação em dados no país.

Em novembro de 2020 tive uma ideia às 6h e mandei mensagem para a incrível Chai Oliveira, advogada, analista de sistemas e uma voluntária da nossa organização. Ela topou o desafio e, no Festival SGB do ano passado, o nosso grande evento anual de encontro da comunidade e parceiros, lançamos a pré-estreia de "Habilidados".

A premissa era simples: como falar de dados sem falar de dados? Trazer temas importantes que fazem parte do nosso dia a dia como a leitura de dados em gráficos e tabelas aos mais desafiadores como proteção de dados contra golpes no WhatsApp e vazamentos. Assim surgiu a ideia de “Habilidados”, uma série para tornar ainda mais acessível à fluência em dados, que acreditamos ser essencial para enfrentar os desafios do mundo digital e para o futuro do trabalho.

Desde o início do ano, o time Social Good Brasil, a produtora Voucher Musical e o nosso querido fellow e médico-terapeuta, Rogério Malveira, abraçaram o projeto, que finalizou as gravações há menos de um mês. O resultado você poderá conferir a partir do dia 19 de julho, no canal do Youtube do SGB.

A primeira temporada terá oito episódios, baseados nas sete competências da metodologia inovadora e exclusiva do Social Good Brasil. O primeiro episódio traz o questionamento: “Será que o celular está nos ouvindo?”. E os seguintes serão lançados por lá, quinzenalmente, às segundas-feiras.

O diferencial de “Habilidados” será desmistificar o mundo dos dados, relacionando competências técnicas e humanas com experiências cotidianas. De forma leve e divertida, a série terá a missão de ser a porta de entrada para todas as pessoas, de diferentes idades, que estão buscando aprender a viver na era dos dados. A série também contará com tradução de libras e legendas para pessoas surdas em português.

Jornada de educação em dados SGB

O lançamento da série integra a Jornada de Educação em Dados SGB. Esse é o primeiro passo da nossa rota de navegação, uma forma das pessoas começarem a explorar o oceano de dados, cheio de mistérios, mas que tem uma responsabilidade coletiva de se cuidar.

Dali, as pessoas podem seguir evoluindo, seja acessando outros conteúdos, como os vídeos do Festival SGB, o maior evento de tecnologia e dados para impacto social do Brasil, uma curadoria que chamamos de Festival 365, para ver o ano todo.

Também é possível qualquer pessoa descobrir o nível de fluência em dados a partir da autoavaliação SGB, um teste de múltipla escolha que pode ser feito em menos de dez minutos. Ao finalizar, você receberá um e-mail personalizado com recomendações para seguir aprendendo.

Ainda tem dúvidas de que Educação em Dados é para você? Deixo aqui o convite para continuar a conversa nas redes sociais do SGB, interagindo com conteúdos feitos para você iniciar essa jornada de aprendizado.

Muito obrigada pela leitura. Todo feedback é super bem-vindo. Até a próxima.

Gostou do artigo da Fernanda Bornhausen? Saiba mais sobre educação em dados assinando gratuitamente nossas newsletters e ouvindo nossos podcasts na sua plataforma de streaming favorita.

Compartilhar:

Colunista

Colunista Fernanda Bornhausen

Fernanda Bornhausen

Fernanda Bornhausen é membro do conselho de administração do Grupo Cometa e do seu comitê de inovação, vice-presidente do conselho da Acate (Associação Catarinense de Empresas de Tecnologia), co-founder e diretora da consultoria Clear Inovação e conselheira da MIT Sloan Review Brasil.

Artigos relacionados

Imagem de capa Menos é mais na migração de dados

Dados e analytics

16 Maio | 2022

Menos é mais na migração de dados

Apenas três princípios são necessários para agilizar a transferência de dados e, com isso, acelerar a inovação

Konstantinos Varsos, Neil McConachie, Salena Hess e Ethan Murray

4 min de leitura

Imagem de capa Microsserviços: abordagem ágil aumenta produtividade e garante flexibilidade aos negócios

Business content

16 Fevereiro | 2022

Microsserviços: abordagem ágil aumenta produtividade e garante flexibilidade aos negócios

A arquitetura de microsserviços é o tipo de tecnologia invisível ao usuário final, mas que oferece várias vantagens às empresas. Saiba quais são

Juliana Coin

4 min de leitura

Imagem de capa 7 maneiras para a liderança conduzir estratégias de dados

Business content

12 Fevereiro | 2022

7 maneiras para a liderança conduzir estratégias de dados

Líderes podem iniciar estratégias de dados bem-sucedidas ao focar em sua qualidade, desenvolvendo capacidades organizacionais e os usando de novas maneiras

Thomas C. Redman

8 min de leitura

Imagem de capa Data mesh cria um novo paradigma de gestão de dados

Business content

09 Fevereiro | 2022

Data mesh cria um novo paradigma de gestão de dados

Proposta democratiza a arquitetura de dados, aumentando a agilidade e o impacto nos negócios

Luiz Eduardo Kochhann

5 min de leitura

Imagem de capa O que impulsiona a inovação em analytics e IA?

Inteligência Artificial

01 Fevereiro | 2022

O que impulsiona a inovação em analytics e IA?

Integração de plataformas comerciais e código aberto incrementa o valor analítico e aprimora o processo decisório das organizações

Rodrigo Oliveira

4 min de leitura